Qual a melhor escolha: Computador ou brincadeiras de rua

Ser Criança

Diante da discussão que tem sido feita, no bom sentido é claro, sobre escolher a forma ideal de se educar os filhos, os pais modernos estão sem saber o que fazer e como agir.

Lidar com muitas das dificuldades e compromissos que cada vez mais estão tomando espaço na vida de todos, ficar de olhos nas crianças como acontecia antigamente, quando a maioria das mães ficavam em casa apenas cuidando do lar, não é mais possível, porém, a ideia de que algo de ruim possa acontecer diante de tanta violência   noticiada diariamente, a tecnologia passou a ser uma solução para remediar e alinhar diversão com aprendizagem para as crianças.

Por outro lado, profissionais ligados a educação e comportamento orientam quanto aos perigos que o universo cibernético possa oferecer e até mesmo influenciar nos conceitos que ainda estão em desenvolvimento e sem preparo para identificar com clareza os reais perigos, coisa que pode acontecer até mesmo com pessoas adultas. Nesse caso, então a pergunta que não quer calar é o que fazer? Uma vez que, o mundo está globalizado e interligado pela internet.

Não é para se entrar em pânico e deixar de usar a internet ou olhar para o computador como se fosse um inimigo, ao contrário, é usar a ferramenta, ou melhor; o sistema de maneira adequada, afinal, cabe ao utilizador a liberdade de escolha, mas como estamos falando de infância, sabemos que não é bem assim, por isso escrevi esse conto que é bem leve e até divertido associando essa situação em que os pais precisam resolver.

Essa questão está no meu livro Histórias Anônimas.



Um abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem, comentários, perguntas. É muito bom contar com sua participação.